quinta-feira, 31 de dezembro de 2015

Feliz ano novo!

Seja fiel no pouco. Já vi muitas pessoas reclamarem do ano de 2015. Pessoas cristãs, como eu. Poxa, pessoas que sabem o porquê o povo de Deus peregrinou 40 anos no deserto! Você quer ter um ano novo melhor, termine o ano velho agradecendo e não reclamando. Reclamar é falta de fé. Reclamar é fazer pouco das providências de Deus, enfim, é não crer em Deus!! É. Pois crer em Deus só quando o mar se abre, me desculpe, não é isso que é crer em Deus. Crer é temer, conhecer e confiar... Não é só "saber que Deus existe" ou "saber que Ele pode realizar milagres". Porque isso até o diabo sabe!! Crer em Deus é confiar sua vida nEle, depender dEle! Crer em Deus é pedir desculpas a Deus quando você estiver mal ao invés de achar que Deus está sendo injusto. Deus é perfeito o tempo todo, nós é que não somos merecedores de bênçãos em hora nenhuma, muito menos " o tempo todo" como queremos!!! Feliz ano novo!!!!! Compartilhe a gratidão!!

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Família e sentimentos de fim de ano

Natal e uma reflexão. A família, o melhor presente de natal. Depois que todo mundo já leu o que é o verdadeiro natal "nascimento do Salvador e não do Papai noel", eu paro pra agradecer ao Salvador por ter a honra de me reunir com a minha família. Muitos preferem se reunir com os amigos ou até desconhecidos. Mas eu não, eu gosto do natal especialmente por ver que cada ano que passa a minha família, pequena, acolhedora, humilde, está aqui. É puro amor! Só quero guardar esse momento e lembrar que esse ano foi formidável. Se você não conseguiu realizar tudo que tinha pra realizar, não precisa acusar o ano e culpá-lo por ter sido fracassado, ande pra frente, construa desde já um 2015 formidável... Ainda dá tempo. Quem decide está diante do espelho. 

Nesse ano, eu comecei cheia de planos e perspectivas, mas lembro-me que antes, entreguei tudo nas mãos de Deus. Eu decidi receber Sua aprovaçao antes de seguir em frente, e tudo foi na Sua direção. Não imaginava que eu estaria tão feliz assim. Uma notícia que me tirou da frente dos meus planos e Deus assumiu tudo. Que seja sempre assim. Feliz ano novo.

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Segundo mês / Mãe de menina

Já me sinto mãe profissional! Mentira. Os medos ainda me perseguem. Mas com certeza está sendo uma fase de mais autoconfiança. A minha bebê sorri pra mim mesmo sem eu falar nada. As vezes ela fica sozinha olhando os seus brinquedinhos que eu pendurei no berço e eu venho bem devagarinho, ela percebe que eu estou alí, olha pra mim e sorri! É emocionante! Simples e fascinante!

Sim, agora a gente ta saindo pro shopping, supermercados, igreja.. E olha... Ser mãe de menina é perguntar "com que roupa eu vou?" com uma intensidade que você nunca viu antes, só as mães de meninas entendem!!!!! Meu Jesus! É uma loucura. Eu confesso que eu nunca fui muito antenada com a moda e nunca liguei muito pra isso. Mas ainda assim eu fico louca jogando as minhas roupas e as dela pro alto! Seria muito divertido se não fosse trágico. Mas isso é algo que tenho que me adaptar e começar a entender mais do assunto. Hahaha! 

No mais, esse mês está mais ativo e, por incrível que pareca, menos cansativo. Ela continua dormindo toda a noite e acordando uma ou duas vezes pra mamar.